19 de ago de 2011

Anuncio da Instalação.


Prefeito Marcos anuncia instalação da Coordenadoria da Mulher

A Coordenadoria das Mulheres terá uma sede totalmente sua. A novidade foi anunciada pelo prefeito Marcos José da Silva durante a 3ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres, promovida pelo CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher), no último dia 13, sábado, na Fonte Santa Tereza, com o apoio da Prefeitura. Entre as 19 cidades da RMC, o município será o quinto da RMC (Região Metropolitana de Campinas) a instalar o órgão.
Também estiveram no evento, que reuniu cerca de 100 pessoas, o vice-prefeito, engº Moysés; a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, dra. Adriana Di Nardo Silva; os vereadores Israel Scupenaro, Dalva Berto e Lorival; além do secretário de Desenvolvimento Social e Habitação Marcio Ferreira; a presidente do Conselho Estadual da Condição Feminina, a delegada Rosmari Corrêa, também sub-secretária estadual de Assuntos Parlamentares.
O prefeito Marcos contou aos presentes sobre a implantação da Coordenadoria, que se somará a outras ações da administração municipal voltadas à mulher, e entre os participantes da Conferência destacou Nilce Donizete da Costa Casácio, que é diretora da Divisão de Gerenciamento Habitacional da Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação e foi nomeada por ele como coordenadora do órgão. "A Prefeitura já tem em suas diversas Secretarias vários programas que se destinam e beneficiam as mulheres. E dentro de 60 dias, vamos colocar em ação a Coordenadoria para atender ainda melhor as nossas mulheres". Segundo Marcos, a instalação da Coordenadoria atende a uma reivindicação da vereadora Dalva Berto, feita no início de 2009.
Dalva lembrou que apresentou o projeto ao prefeito, com a presidente do Conselho Estadual, a Rosmari Corrêa. "De pronto ele entendeu a proposta e determinou a elaboração de um projeto, enviando-o à Brasília para buscar verbas para a instalação. Este espaço será de extrema importância para a criação de uma rede de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e de programas especiais, além do encaminhamento ao mercado de trabalho visando sua autonomia", explicou.
Rosmari Corrêa elogiou a administração municipal pelas ações voltadas às mulheres e a implantação da Coordenadoria. "Valinhos está sendo a primeira cidade que participo de uma Conferência Municipal e escolhi essa cidade por me sentir prestigiada, pela atenção recebida, pedidos atendidos e o trabalho desenvolvido pelo Conselho Municipal da Mulher. Vou voltar para inauguração da Coordenadoria".

Atendimento diferenciado
Para a implantação da Coordenadoria houve um repasse de R$ 100 mil do Governo Federal e contrapartida de mais de R$ 28 mil da Prefeitura que foram investidos na compra de uma Kombi, móveis e diversos equipamentos. O órgão estará no mesmo prédio do Conselho Tutelar, na Avenida Independência, no andar térreo.
O secretário Marcio Ferreira contou que a Coordenaria terá ações especialmente voltadas ao atendimento assistencial das mulheres. A prioridade inicial da coordenadora Nilce Casácio será traçar um mapa da violência doméstica no município, por meio de informações coletadas de Boletins de Ocorrências e denúncias. "Iremos oferecer atendimento às vítimas para incentivá-las a sair da situação, quer melhorando a autoestima, quer capacitando-as para o mercado de trabalho, e principalmente tirando-as deste ciclo de violência familiar", disse o secretário.
Segundo a presidente do CMDM, Sueli Mamprin, a Coordenadoria chegará em boa hora. "Ela vai ao encontro do que a 3ª Conferência se propôs, que foi a apresentação de propostas que contribuam para a erradicação de problemas, como a violência doméstica, pobreza extrema, buscando o exercício pleno da cidadania pelas mulheres".

Ações promovidas pela Prefeitura são destaque na Conferência
As ações voltadas às mulheres promovidas pela administração do prefeito Marcos José da Silva (PMDB) tiveram destaque na 3ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres, realizada no último dia, 13, sábado.
A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, dra. Adriana Di Nardo Silva, falou sobre os mais de 90 cursos gratuitos de capacitação e geração de renda e emprego promovidos pelo órgão desde 2005, que já beneficiaram cerca de 5 mil pessoas, dos quais 70% são mulheres. Dra. Adriana também destacou a participação das mulheres no trabalho voluntário. "As mais de 60 voluntárias se comprometem e contribuem com suas habilidades e dons. É um momento de viver novas experiências e conhecer outras realidades. Quem ganha é a sociedade como um todo", disse.
Outras ações também foram destacadas. A diretora do Departamento de Saúde Coletiva, Carina Missaglia Dias, apresentou aspectos de atenção à saúde das mulheres, como violência, óbitos maternos, prevenção e controle de doenças sexualmente transmissíveis e da infecção do HIV/Aids. Ainda dentro da área da saúde, Rosa Massae Sasaki Silva, do Departamento de Programas e Projetos, apresentou dados estatísticos de 2008 a 2011, que apontam a diminuição de adolescentes grávidas no município. Ilma Cambui Melli, diretora de Apoio às UBS (Unidade Básica de Saúde), enfatizou sobre o atendimento à mulher das 13 unidades instaladas na cidade.
Já a coordenadora das creches municipais, Vânia Brandini Borin, destacou a ampliação do número de creches graças à construção de novas unidades, convênios com unidades particulares e subvenções com entidades filantrópicas realizadas pelo governo Marcos para atender a demanda. A diretora do Departamento de Gestão da Assistência Social, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, Ana Cláudia Cônsul Scavitti, expôs sobre a implantação do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) no município.
A consultora em políticas sociais, socióloga e assistente social, Rita de Cássia Angarten Marchiore, proferiu palestra com o tema "Ser mulher combina com autonomia?". Outra palestra foi a da conselheira vitalícia do CMDM e do Conselho Estadual da Condição Feminina, Maria Aparecida Pallota, com o tema "Mulheres nos espaços de poder". Durante o encontro, foram apresentados ainda trabalhos realizados pela Associação dos Clubes de Mães e Cooperativa RECOOPERA.
Também na ocosião, foram eleitas as delegadas que representarão Valinhos na Conferência Estadual, nos dias 8, 9,10 de outubro, em São Paulo. As titulares pelo Poder Público são Sueli Maróstica Mamprin e Vânia Brandini Borin e respectivas suplentes, Verônica Pimentel Cilento e Josefina Parro Ribeiro. Pela sociedade civil as delegadas são Lílian Calças, Luisa Marques Nunes e Marilene dos Santos e as suplentes Vera Fritz, Elisabeth Adaid e Sandra Gerais de Camargo Rangel, respectivamente.
Fonte: Prefeitura de Valinhos.